12 / Dezembro / 2017

Cinco perguntas sobre sistema para clínica médica popular

Sistema para clínica

Informatização de processos pode servir de apoio para organizar as informações sobre o atendimento em uma única plataforma, facilitar o acesso a elas e obter dados que possibilitam a criação de estratégias para ampliar o faturamento

 

Clínicas médicas que oferecem serviços a preços populares estão em expansão no Brasil. Esse crescimento ocorre justamente em meio à crise econômica, que ampliou a demanda por atendimento - desde 2015, cerca de 3 milhões de pessoas ficaram sem cobertura de planos assistenciais após perderem o emprego, segundo estimativa da Associação Brasileira de Planos de Saúde (Abramge). A informatização dos processos, por meio de um sistema para clínicas, pode ajudar a gestão a otimizar o relacionamento com o cliente e ainda fornece dados que possibilitam a criação de estratégias para ampliar o faturamento.

Na seção “Cinco perguntas sobre”, Talita Matos, coordenadora de credenciamento médico da clínica popular SuzanClin, fala sobre o tema. Acompanhe:

 

1- Qual o papel da tecnologia na clínica médica popular?

Talita - A tecnologia tem o papel de unificar as informações sobre os pacientes atendidos, facilitando o acesso dos médicos e fornecendo informações que servem de apoio para que eles cheguem ao melhor diagnóstico. Além disso, o uso de sistemas de gestão possibilita criar estratégias para ampliar as metas de ticket médio (que é a média do valor gasto pelo cliente com consultas, exames e outros serviços). O aumento do ticket médio influencia diretamente no faturamento da clínica médica.

2- De que forma o uso de sistemas de gestão na clínica médica popular pode ajudar a  ampliar receita?

Talita - As operadoras de Saúde, em geral, exigem diversos protocolos para liberação de exames e procedimentos que, muitas vezes, são necessários no primeiro atendimento. Já o profissional da clínica médica popular é livre e independente para solicitar o que julgar necessário. Não falo de superfaturar ou exigir algo que não é essencial, mas sim de criar protocolos simples que garantem o melhor atendimento ao paciente e, ao mesmo tempo, aumentam o ticket médio. Isso ocorre da seguinte forma: com um sistema de gestão (Enterprise Resource Planning -ERP), pode-se identificar quais são os exames mais solicitados por determinado especialista e oferecer aos clientes, no momento do agendamento online, a opção de contratar, além da consulta, também esse procedimento. Por exemplo, a paciente que agendou uma consulta de ginecologia pode contratar também a colpocitopatologia oncótica (papanicolau para verificar a presença de células cancerígenas), que é um dos exames mais comuns da especialidade. Com o investimento em equipe bem preparada e um sistema de gestão que permita esses insights de negócios, as clínicas médicas populares só tendem a crescer.

3- Como o uso da tecnologia impacta no relacionamento e no atendimento ao paciente?

Talita - A tecnologia é uma forma de otimizar o relacionamento com o cliente/paciente. Ela agiliza todo o processo de atendimento, do agendamento à prescrição. O uso de sistemas informatizados e do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) dá ao médico acesso ao histórico de cada usuário, o que amplia a segurança do paciente e serve de apoio para o diagnóstico. A tecnologia é inclusive, uma exigência dos clientes, já que faz parte do cotidiano de todos, nas mais diversas áreas.

4- De que forma os dados gerados pelo uso de sistemas de gestão auxiliam na tomada de decisão?

Talita - As informações geradas a partir desses sistemas auxiliam nas decisões que envolvem qualquer mudança de processos na clínica médica popular, desde de backoffice à assistência. A facilidade de encontrar todos os dados na mesma plataforma, com acesso rápido, também é um diferencial do uso da tecnologia para a gestão.

5- O que os sistemas de gestão trazem de mudanças para o atendimento da clínica médica popular? 

Talita - A informatização, de forma geral, agiliza o atendimento e traz praticidade. Ela reduz o tempo necessário tanto para a marcação da consulta quanto para a espera na recepção, ou seja, acelera todo o ciclo de atendimento dos pacientes, prevenindo o estresse normalmente gerado em tais ocasiões. Também proporciona eficiência no trabalho do médico e diminui as chances de migração do paciente para outro local. Ou seja, acaba se tornando um diferencial competitivo de negócio.

eBook: Guia definitivo da clínica digital

eBook: Guia definitivo da clínica digital

Baixar