18 / Março / 2014

Hospital Unimed Caruaru utiliza Sistema de Classificação de Risco

Unimed Caruaru

Para organizar o fluxo de atendimento de pacientes de urgência e emergência, a Unimed Caruaru inovou e se tornou o primeiro hospital privado do interior de Pernambuco a implantar e aplicar as rotinas de atendimento através do sistema de Classificação de Risco MV.

Com a ferramenta, o Hospital passa a priorizar os atendimentos de acordo com o potencial de risco, agravo à saúde ou grau de sofrimento do paciente, viabilizando o acolhimento de forma humanizada, melhorando a qualidade da assistência e reduzindo a possibilidade de erro humano. “Os tempos de atendimento foram otimizados e a espera do paciente reduzida sendo colocado em prática o objetivo principal do sistema que é de reduzir o número de atendimentos com característica ambulatorial do serviço”, afirma Diego Oliveira, enfermeiro do Núcleo de Gestão da Qualidade.

Através do sistema de Classificação de Risco, a instituição passa a mapear os processos no tocante às exigências estabelecidas pelos órgãos certificadores de qualidade, ao gerenciamento do serviço de urgência/emergência (tempos, características de atendimento, trabalho dos profissionais, entre outros), ao estabelecimento de protocolos de atenção voltados ao perfil epidemiológico loco-regional bem como na qualificação e destaque dos profissionais envolvidos. “Todas essas iniciativas ajudam a Unimed Caruaru a destacar-se ainda mais no atendimento as urgências e emergências”, conclui Diego Oliveira.

Além do Sistema de Classificação de Risco, a Unimed Caruaru está utilizando o sistema de gestão SOUL MV integrado com Prontuário Eletrônico do Paciente, gerenciando todas as informações do atendimento.