30 / Abril / 2015

Novidades e Tendências do RIS/PACS

mv

Com o objetivo de garantir mais agilidade, flexibilidade, segurança e produtividade, os Centros de Diagnóstico por Imagem estão seguindo a onda da inovação para tornar mais rápido o caminho do agendamento e realização do exame até o laudo e entrega do resultado, oferecendo um atendimento ao paciente mais eficiente.

A Microdata integrou às suas soluções novas funcionalidades para atender as tendências do mercado. Agregadas ao RIS (Radiology Information System), sistema que gerencia processos desde agendamento e realização de exames até laudo com suporte ao reconhecimento de voz e entrega de resultados, essas novas funcionalidades tornam ainda mais rápido o caminho entre o exame e o diagnóstico do paciente. Os destaques são: o novo painel de controle que fornece informações em tempo real, apoiando os profissionais na tomada de decisão; o gerador de relatórios que permite extrair relatórios do sistema com layouts customizados e personalizados conforme a visão necessária a cada tipo de análise; o suporte à anamnese que garante maior embasamento científico no atendimento; e a ferramenta de controle do fluxo de pacientes com atenção especial aos casos mais críticos.

Além disso, o PACS (Picture Archiving and Communication System), sistema em cloud que captura, armazena e compartilha imagens geradas por diversos equipamentos, utiliza um viewer com ferramentas avançadas de reconstrução certificada internacionalmente. Entre as funcionalidades, destaque para as ferramentas web de análise de vasos, que permite a identificação e avaliação de patologia relacionada à doença vascular. O PACS da Microdata é hoje a mais abrangente solução para gestão e visualização de imagens médicas do Brasil, tendo, inclusive, versão mobile para smartphones e tablets, além de registro na ANVISA, FDA, CE e HEALTH CANADÁ.

As novas funcionalidades da Microdata estão sendo apresentadas na 45ª Jornada Paulista de Radiologia, considerada a mais importante do segmento radiológico na América Latina. Para o diretor Comercial, Orandi Silva, apesar do atual cenário econômico do Brasil, ainda há uma busca constante por novas tecnologias que agilizem e garantam maior segurança nas tomadas de decisões dos médicos. “O evento terá ótimas oportunidade de negócios”, conta.

Organizada pela Sociedade Paulista de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, a JPR deste ano, com o tema Diagnóstico por Imagem na Dose Certa, contou com o apoio da Sociedade Espanhola de Radiologia Médica (SERAM), da Sociedade Portuguesa de Radiologia e Medicina Nuclear (SPRMN) e da Sociedade Portuguesa de Radiologia e Medicina Nuclear (SPRMN). Por isso, esta edição também recebeu o nome 1º Encontro Brasil – Península Ibérica.