Assine nossa Newsletter e fique por dentro de tudo sobre TI e saúde

Fechar

Cadastro realizado com sucesso.

Fechar

Este não é um endereço de e-mail válido. Verifique o preenchimento dos campos e tente novamente.

Fechar
02 / Novembro / 2015

Saiba como treinar a equipe médica para qualquer situação!

equipe médica

Empresários e gestores concordam sobre a importância do capital humano para o sucesso de suas operações, e neste sentido, é preciso atentar para alguns aspectos essenciais, como a atração e a retenção de talentos e, ainda, a estratégia de treinamento e qualificação dos profissionais. Esses fatores devem estar entre as prioridades de uma gestão inteligente, com foco em resultados.

Ainda é possível encontrar empresas que negligenciam e até mesmo desprezam os programas de treinamento, pois entendem se tratar de perda de tempo e acréscimo nas despesas. Porém, isso acontece apenas quando o planejamento é genérico, sem direcionamento ou propósitos claros. É preciso lembrar que um bom planejamento de treinamento começa com uma análise detalhada do perfil dos profissionais e das demandas da clínica. Nesta etapa, é essencial identificar as lacunas de conhecimento e de comportamento, de cada membro da equipe, bem como reconhecer os processos críticos, gargalos e fraquezas do negócio. Somente com base nessas informações, é possível elaborar uma estratégia capaz de produzir mudanças significativas em relação a fatores determinantes, como a qualidade das entregas, o cumprimento de prazos e o atendimento aos pacientes.

Treinamento é investimento e deve valorizar e aprimorar as habilidades de todos os profissionais. Assim, treinar a equipe médica através da personalização dos programas é uma prática bastante interessante. Enxergar o indivíduo, suas potencialidades e limitações, é fundamental para um planejamento de desenvolvimento direcionado e muito mais eficiente.

A cultura do aprendizado

Diante de um mercado competitivo e exigente, uma gestão integrada compreende a necessidade de reforçar a cultura do aprendizado entre profissionais. O know-how, a experiência, a comunicação e a orientação são fundamentais para o crescimento das equipes e, consequentemente, dos negócios. Essa cultura do aprendizado vai além dos treinamentos, pois também considera o compartilhamento das informações relevantes ao time, à empresa e à área de atuação. Profissionais preparados e atualizados têm condições de realizar trabalhos com mais dinamismo e confiança, além de demonstrar mais motivação e engajamento aos objetivos comuns. E todo este movimento só é possível quando há um investimento planejado no desenvolvimento das equipes.

O plano de treinamento estratégico

Um programa de treinamento eficiente deve contar com um conteúdo atrativo, útil e aplicável, por isso, a importância de uma avalição prévia, a fim de identificar quais temas precisam ser tratados e, também, quais competências devem ser aprimoradas. Outro aspecto a ser considerado está relacionado aos valores da empresa, e ainda as metas definidas e desafios a serem superados.

Assim é mais fácil elaborar um plano verdadeiramente estratégico, para o crescimento da clínica. A capacitação pode trazer muitos ganhos aos profissionais e a empresa, através de uma equipe coesa, comprometida, colaborativa e atualizada.

Esse planejamento deve incluir, além de conhecimentos técnicos e informações gerenciais, as competências comportamentais, essenciais para todos os profissionais e gestores, e em especial para as equipes de vendas e de atendimento ao paciente. Neste contexto, é importante citar habilidades como equilíbrio emocional, atitude positiva, autoconfiança, poder de negociação e persuasão, e ainda, a capacidade de construir relacionamentos produtivos.

Vale a pena salientar que uma equipe despreparada pode causar grandes danos à imagem e à reputação da clínica, com impactos financeiros inclusive. Procedimentos mal executados, atendimento precário aos usuários, posturas inadequadas, falhas de comunicação e contatos equivocados com fornecedores e parceiros, são apenas alguns exemplos de como a ausência de uma estratégia de desenvolvimento pode prejudicar todo o gerenciamento e os resultados da empresa.

Treinar a equipe médica garante um outro nível de atuação dos profissionais, visando sempre a excelência e a satisfação dos pacientes.

O papel do líder

De fato, o líder é o principal responsável por fomentar a cultura do aprendizado e por preparar sua equipe. Cabe ao líder conhecer os seus colaboradores, suas fortalezas e fraquezas, para então auxiliar no aprimoramento de todos. Liderança envolve fatores como proximidade, respeito, valorização, maturidade e ética. Desta forma, o verdadeiro líder deve dar o exemplo, sendo um profissional atualizado, que busca sempre novas informações e também, como um gestor coerente, imparcial e pronto a ajudar.

O líder precisa treinar a equipe médica com dedicação e assertividade, cuidar para que não haja monopólios ou lacunas de conhecimento, atuando sempre na formação de times multifuncionais e de alta performance.

Como treinar a equipe médica e conquistar resultados

Um programa de treinamento completo deve considerar diversos elementos relacionados a gestão de pessoas e do negócio. Conheça agora algumas dicas importantes:

- Análise de perfil profissional

A análise de perfil profissional é muito útil no sentido de compreender as características de cada membro da equipe, seus princípios, preferências, modelo mental e aptidões naturais. Desta forma, é muito mais fácil elaborar um planejamento de desenvolvimento e até mesmo, um plano de sucessão para futuras oportunidades internas. Há vários softwares disponíveis no mercado e também é possível encontrar sites que oferecem essa análise gratuitamente.

- Conhecimento técnicos

Os conhecimentos técnicos devem ser reforçados constantemente, incluindo as novidades na área da saúde, além de novas pesquisas e tecnologias. A participação em cursos específicos, congressos e seminários, e o compartilhamento de matérias e artigos relevantes, são práticas básicas para manter a equipe atualizada e motivada.

- Competências comportamentais

O desenvolvimento das competências comportamentais é essencial para qualquer profissional, em especial, para os gestores. Neste sentido, é interessante planejar sessões de coaching em grupo e de team building, a fim de fortalecer o espírito de equipe e o conceito de complementariedade.

- Tecnologia

As soluções tecnológicas já fazem parte da gestão de todas as empresas, por isso, é essencial que os profissionais estejam preparados para utilizar os recursos corretamente. Sistemas integrados de informação, ERPs, aplicativos e dispositivos móveis, podem ser bastante úteis a produtividade individual e coletiva, e assim, cabe ao líder planejar esse treinamento também. Neste caso, é interessante selecionar alguns profissionais e torná-los especialistas, através de cursos cedidos pelos fornecedores daquela tecnologia. O restante da equipe passa a ser treinada e suportada por esses especialistas, com foco em sua área de atuação.

É preciso lembrar que essas soluções podem facilitar muito a rotina das equipes, pois permitem processos mais estruturados e otimizados, o gerenciamento e armazenamento de dados, a comunicação entre membros das equipes, o acesso as informações em tempo real e com segurança, controles financeiros e administrativos, mobilidade e flexibilidade aos gestores, a tomada de decisões com mais agilidade, asseguram o atendimento às obrigatoriedades exigidas pelas portarias e regulamentadores da saúde, e ainda oferecem o prontuário eletrônico com certificação digital para todos os pacientes. Ou seja, são ferramentas importantes, mas para que sejam realmente eficientes, devem ser utilizadas por profissionais capacitados e competentes, aptos para explorar todas essas funcionalidades, com foco em resultados e no crescimento da empresa.