10 / Março / 2020

SOUL MV entra em operação na Santa Casa de Misericórdia de Vitória

Santa Casa de Misericórdia de Vitória

Com mudança de perfil assistencial na instituição, necessidade de evolução tecnológica trouxe solução para antigos desafios

 

Desde 2015, a Santa Casa de Misericórdia de Vitória passa por transformações. De um hospital filantrópico de média complexidade, a instituição se tornou referência em várias especialidades agregando atividades de ensino, pesquisa e assistência na capital do Espírito Santo. O novo perfil, que gerou outros desafios e necessidades, exigiu também do HSCMV uma evolução tecnológica. Assim, a MV iniciou a implantação da plataforma de gestão hospitalar SOUL MV.

De acordo com o diretor Administrativo do hospital, Fabrício Gaede, a opção pela tecnologia ocorreu após pesquisa e identificação de que essa seria a melhor escolha. “Levando em consideração o reconhecimento do mercado, os impactos da mudança de sistema, as ferramentas de auxílio à gestão, as alternativas de inovação de processos e a abrangência de recursos disponíveis para gestão e assistência em Saúde, optamos pelo SOUL MV e, em poucos meses, percebemos as mudanças.”

Com o uso do prontuário eletrônico, solução que faz parte da plataforma SOUL MV, facilidades como a reunião em um único local de informações clínicas de atendimento a pacientes, asseguraram ao hospital a padronização de dados, melhoraram a comunicação entre os profissionais de Saúde e otimizaram o trabalho das equipes médicas. A adoção da plataforma de Medicina Diagnóstica VIVACE MV e sua integração com o SOUL MV proporcionaram também benefícios que vão além da digitalização da central de diagnóstico. “O cruzamento de informações entre as tecnologias promove melhores resultados assistenciais e agilidade por permitir que o médico visualize o prontuário enquanto analisa o exame, enxergando assim, o contexto do histórico do paciente na preparação do laudo”, afirma Gaede, reforçando que o objetivo é ter um hospital com a menor emissão possível de papel, a melhor qualidade assistencial e a maior garantia de segurança.

Como um grupo composto por dois hospitais que somam 315 leitos e cerca de 36 mil atendimentos ambulatoriais por mês, além de uma faculdade de Medicina e Enfermagem, uma operadora de Saúde e outras unidades de atendimento, a Santa Casa de Misericórdia de Vitória agora opera de forma integrada a partir de um sistema utilizado por mais de mil profissionais. “É notória a preocupação da MV com o aperfeiçoamento e a inovação das suas soluções. Desafios anteriores, como duplicidade de cadastros que inviabilizava a visão de um histórico de atendimento único para cada paciente e também configurações incorretas de faturamento que impactavam no resultado final da instituição, são questões que ficaram no passado.”