16 / Novembro / 2017

TI Estratégica #3: Tecnologia na Saúde amplia qualidade dos dados e influencia decisão de negócios

Tecnologia na Saúde

Para diretor de TI da Rede de Hospitais São Camilo, Klaiton Simão, e para o superintendente de TI do Hospital Unimed Volta Redonda, Luiz Guimarães, papel estratégico do departamento se dá quando informações geradas pelos sistemas podem ser utilizadas por gestores para tomada de decisão

 

O uso da tecnologia na Saúde é cada dia mais estratégico. Para abordar esse movimento, a MV preparou conteúdos que trazem a experiência de grandes executivos do setor sobre o tema. No terceiro especial da série, o diretor de TI da Rede de Hospitais São Camilo, Klaiton Simão, e o superintendente de TI do Hospital Unimed Volta Redonda, Luiz Guimarães, avaliam as mudanças  alavancadas pela transformação digital.

Para Simão, é crescente a necessidade de colocar a TI na estratégia da organização.  “Com o avanço da digitalização, não vejo mais lideranças que não tenham essa compreensão. Mas ainda há distanciamento do profissional da TI em relação à estratégia. O perfil desse profissional é muito mais técnico. Essa falta de visão estratégica do CIO impede o CEO de enxergar qual é o caminho que sua organização deve percorrer.”

O diretor de TI do São Camilo acredita que a solução passa pela estruturação e ampliação da qualidade dos dados gerados pelos sistemas. “A falta de entendimento do papel da TI como estratégia de negócio gera uma insatisfação por parte das lideranças, que não conseguem extrair valor da tecnologia na Saúde.”

Mas a tendência é de mudança, garante Simão. Para tanto, é preciso que as organizações de Saúde profissionalizem a gestão, criem planos estratégicos, executem o gerenciamento de processos e promovam uma mudança de cultura tanto do lado dos profissionais de TI quanto das lideranças. “Na maior parte das instituições há percepção de que, implantado o Prontuário Eletrônico do Paciente [PEP], acabou o trabalho. Mas essa implantação nada mais é que a criação das condições para gerar um dado de qualidade.”

Na Rede de Hospitais São Camilo, essa mudança começou há cinco anos, quando Simão assumiu a então recém-criada diretoria corporativa de TI. “Antes a TI era uma área de suporte técnico. Ao longo desses anos, porém, conseguimos assumir papel mais estratégico e entregar as informações que a gestão necessita. Esse modelo está sendo trilhado pelas organizações em diferentes níveis de maturidade, mas o importante é que todos enxerguem a necessidade e comecem a avançar nessa direção”, avalia Simões.

 

Acreditação

Para o superintendente de TI do Hospital Unimed Volta Redonda, Luiz Guimarães, a acreditação da Sociedade de Informação em Saúde e Sistemas de Gestão (Healthcare Information and Management Systems Society - HIMSS) incentivou uma percepção mais valiosa da TI.

Em 2016 a instituição conquistou o Estágio 6 da certificação e em 2017 o Estágio 7, tornando-se Hospital Digital. “A TI é hoje imprescindível para o atendimento ao paciente. Não se pode considerar o hospital sem sistemas informatizados, sem o prontuário eletrônico com o histórico do paciente. O uso da tecnologia na Saúde se tornou natural.”

O guia da HIMSS é considerado por Guimarães como um importante parâmetro para alçar o setor à posição estratégica nas organizações, mas também avalia que é necessária capacitação e engajamento das equipes. “De nada adianta investir em tecnologia se os colaboradores não fizerem uso delas. Por isso, nossa política é desenvolver os sistemas ao lado deles, especialmente dos médicos, para que eles possam dizer o que vale e o que não vale para eles e, assim, engajem os demais no uso correto dos sistemas.”

Dessa forma, garante o superintendente, é possível gerar dados de qualidade que são trabalhados pela TI como parte da estratégia da organização.

Leia artigo publicado pelo presidente da MV, Paulo Magnus, sobre o tema: Tecnologia da informação na Saúde: do "cara do CPD" ao gestor estratégico.

Acompanhe também outros conteúdos que abordam as experiências de outras organizações de Saúde com a TI Estratégica na Saúde.

eBook: Eficiência nas instituições hospitalares: guia com as melhores estratégias para alcançar a excelência operacional

eBook: Eficiência nas instituições hospitalares: guia com as melhores estratégias para alcançar a excelência operacional

Baixe aqui