Obras Sociais Irmã Dulce entram na era da Saúde Digital com apoio da MV

Produzido em 18/02/2020

Maior hospital filantrópico da Bahia informatiza setores para facilitar trabalho de profissionais e melhorar a assistência

Unidade ambulatorial

Obras Sociais Irmã Dulce possui 21 unidades para prestar serviços de excelência aos mais necessitados.

Unidade ambulatorial

A caminhada de gratidão e admiração entre as Obras Sociais Irmã Dulce (OSID) e a MV vem desde os anos 80, quando chegava à casa do Anjo Bom um visionário. O Anjo Bom era Irmã Dulce – canonizada Santa Dulce dos Pobres em 13 de outubro de 2019 – e o visionário era Paulo Magnus – presidente da MV. Assim teve início a parceria entre a empresa e um dos maiores complexos 100% SUS do Brasil.

Na época, quando a MV ainda dava seus primeiros passos focada em tornar mais eficaz o fechamento de contas hospitalares, Paulo Magnus, que já vislumbrava os benefícios do uso das tecnologias da informação na Saúde, doou a solução MV para informatizar o faturamento hospitalar. De forma tímida, o processo de transformação digital chegava à entidade filantrópica, localizada em Salvador-BA e que se tornaria uma das maiores das regiões Norte e Nordeste do País.

Confira o case completo!

Depoimentos

  • Com o uso de tecnologia, houve maior acessibilidade e facilidade para o atendimento multidisciplicar. Antes, o prontuário em papel passava de consultório em consultório e demorava para sair de uma sala a outra. Sem falar na insalubridade no manuseio por, muitas vezes, estar empoeirado.

    Isabelle Cardoso
    Isabelle Cardoso Líder de TI das Obras Sociais Irmã Dulce

Características

Unidades 21
Leitos 954
Total de profissionais Mais de 2,8 mil
Médicos 300
Voluntários 300

Atendimentos mensais

Tratamento de câncer Mais de 11,5 mil
Internações 18 mil ao ano
Cirurgias 12 mil ao ano
Procedimentos ambulatoriais 2,2 milhões ao ano
Pessoas atendidas 2 mil por dia

Outros Cases

filtrar por