22 / Dezembro / 2015

Roteiro para adquirir um PEP

roteiro pep

Cada vez mais, instituições de saúde preocupam-se em garantir qualidade de atendimento e de gestão. Para isso, é essencial ser capaz de gerar dados seguros e indicadores detalhados que, correlacionados, podem trazer à tona pontos de melhoria e aperfeiçoamento da instituição.

Nesse sentido, um PEP (Prontuário Eletrônico do Paciente) é o exemplo mais contundente e difundido de utilização da tecnologia da informação em prol da saúde. Atuando como catalisador da instituição, ele passa a ser a única fonte de informação para os profissionais envolvidos, trazendo benefício tanto à rotina de trabalho, como à segurança de seus pacientes.
PEP é uma ferramenta para a integração, consolidação e garantia da veracidade das informações fornecidas pelos profissionais de saúde no momento do atendimento ao paciente. Além de garantir legibilidade dos registros, organiza da melhor forma as informações e as identificações dos pacientes.

Mesmo sendo um sistema de caráter complexo, a implantação de um PEP não precisa ser um processo difícil. Com o planejamento certo e a ajuda de uma equipe qualificada, essa transição pode ser suave. Veja abaixo um pequeno roteiro para adquirir o seu PEP:

Reconheça a sua necessidade

Mapeie todos os processos de sua instituição de saúde e identifique os que estão tediosos e burocráticos. Uma observação mais detalhada pode revelar diversas oportunidades de melhorias. Se há necessidade de modernizar o banco de dados, a aquisição do PEP se faz urgente. Avalie custos de aquisição, suporte ao usuário e agilidade de implementação antes de fechar o fornecedor.

Determine os objetivos

A tecnologia é sempre uma grande aliada, desde que o sistema adquirido esteja alinhado com os objetivos traçados pelo gestor no momento da aquisição. Além de ouvir todos os usuários que farão uso do sistema, é importante listar benefícios fundamentais e opcionais e criar um orçamento baseado nos custos prováveis das melhorias desejadas.

Implante o software

Depois de escolher o fornecedor e da fase de negociação para a aquisição de um PEP, é hora de começar o processo de implementação do sistema. Nesta etapa é importante realizar treinamentos periódicos na equipe. São os usuários finais do sistema que poderão sinalizar os bugs que eventualmente aparecem. Agendar reuniões periódicas para checar os benefícios e fazer mudanças necessárias no projeto também são essenciais.